Terapia política. Introspecção psicossocial. Análise simbólica.

08 setembro 2009

[973] Distracções ou intenções?

«(...) há aquelas chamadas causas fracturantes, com base nas quais se procura distrair a atenção dos cidadãos e até permitir que um personagem profundamente neoliberal e profundamente defensor dos princípios da política neoliberal, como é José Sócrates, possa aparecer com uns laivos de esquerda.»
(Garcia Pereira, Lusa, via Sol, 8-9-2009)

5 comentários:

Joe disse...

Mesmo não sendo Socialista ou pró-Socrates, apetece-me comentar:

"Mas alguém ainda liga ao que diz Garcia Pereira?!"

Anónimo disse...

Caro Joe,

Sim, ainda há quem ligue ao que ele diz, geralmente aqueles que o OUVEM!!

Núncio disse...

Calma, rapazes!
Isto (ainda) é um recanto eclético e plural.

Joe disse...

Como eu gosto dos "Anónimos", conseguem ser ainda mais relevantes que o Garcia Pereira!!

Anónimo disse...

Caro Joe,

E continuamos na lógica do preconceito, ou seja, não se discutem ideias nem projectos mas "atacam-se" pessoas só porque têm ideias diferentes do que se ouve por aí...

Arquivo do blogue

Seguidores