Terapia política. Introspecção psicossocial. Análise simbólica.

22 março 2006

[200] Hoje deito-me eu no divã...

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves,
Dentro do coração,
assim falava a canção
que na América ouvi,
mas quem cantava chorou
ao ver o seu amigo partir,
mas quem ficou,
no pensamento voou,
o seu canto que o outro lembrou
E quem voou no pensamento ficou,
uma lembrança que o outro cantou.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito,
mesmo que o tempo e a distância digam não,
mesmo esquecendo a canção.
O que importa é ouvir a voz
que vem do coração.
Seja o que vier,
venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto
pra te encontrar
Qualquer dia amigo,
a gente vai se encontrar.
(Milton Nascimento, "Canção da América", de Fernando Brant e Milton Nascimento)
*
Dedico este poema, no primeiro aniversário do blogue, pelas razões que os próprios conhecem, ao Bruno, ao David, à Elizabeth, ao Filipe, à Isabel, ao Jó, à Jô, ao Joca, ao Jota, ao Madeira, à Maria, à Nella, ao Panfúncio, ao Pebble, ao Rick, ao Vasco, ao Vitinho, ao Zeca e a todas/os aqueles a quem, querendo-me bem, não tenho podido corresponder, por falta de tempo, de espaço, de sensibilidade ou de bom senso...

3 comentários:

Pafúncio disse...

Fúncio, querido amigo:

Fiquei feliz com a canção que louva a amizade, do nosso Milton Nascimento. Feliz pelo primeiro ano do Divã. E mais feliz ainda pela dedicatória que fez, em nora de agradecimento. Inclui-me no rol dos agradecidos. Ora, Fúncio, vc é amigo para se guardar em vários corações! Abs
Pafúncio, curitibano, paranaense, brasileiro

Arion disse...

Muitos parabéns ao divã, possam as molas continuar a ranger por muitas mais postas. Pela minha parte, retribuo o agradecimento, lembrando que, a meu ver, o espírito de blogar, é mesmo o intercâmbio de ideias! Bem hajas!

Anónimo disse...

Querido amigo Nuncio

"Há pessoas que nos falam e nem a escutamos,
há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam,
mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossa vida e nos marcam para sempre". Cecília Meireles

Mesmo que algumas divergencias ou zangas surjam entre nós...nossa amizade sobreviverá, pois voce, simplesmente, faz parte da minha vida!!!

Beth

Arquivo do blogue

Seguidores